Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

TRIBUNA de EduardoRibeiroAlves

«Daqui manifesto e apregoo a minha opinião, porque... sou LIVRE!»

TRIBUNA de EduardoRibeiroAlves

«Daqui manifesto e apregoo a minha opinião, porque... sou LIVRE!»

NÃO SE DEIXE SECAR!!

É isso... em mais um 1 de setembro: NÃO SE DEIXE SECAR!

Não tenho que regressar às aulas nem à escola. Saudades?! Oh... não! Sinto uma espécie duma acalmia estranha, por um lado, mas consciente e solidária, pelo outro. Confesso que me lembro de muitos colegas que, a esta hora, carregam às costas montanhas de stress, pelos mais variados pontos do país! Não resisto a desejar um BOM ANO ESCOLAR para todos, sobretudo para os alunos e professores. Mas não resisto também em fazer um pouco de cinismo, dizendo que os professores se dividem hoje em duas grandes sub-classes importantes: os COM-ALUNOS e os SEM-ALUNOS.Parece um paradoxo, mas é mesmo verdade. E o pior que existe na escola é sem dúvida os tais professores SEM-ALUNOS, pois afastam-se, estigmatizam, humilham, ignoram ou mesmo perseguem e espezinham os outros, os tais professores COM-ALUNOS! Há SEM-ALUNOS em muitos "tachinhos" por aí, há anos e anos, mas sobretudo nos Órgãos de Gestão. E são tantos destes, a nível nacional, que se julgam reis, senhores, burocratas e mandadores! Sinceramente, não sei para que servem!

Setembro, primeiro... a jeito de RE-ENTRÉ, queria aqui deixar um pensamento, ou mesmo alerta, cheio de vigor, que resumirei na frase: "SECAR-TUDO-À-SUA-VOLTA!" É isso, uma coisa que se sente cada vez mais nesta sociedade de (luta) de Classes Sociais (profissionais), é mesmo o SECAR-TUDO-À-SUA-VOLTA, pela parte de certas pessoas, versus lideranças, quer na escola, quer na política, quer na religião, quer nas associações e instituiições mais diversas. Lembram-nos os eucaliptos, que ao que consta, consomem toda a água em seu único proveito, secando todas as demais espécies vegetais na vizinhança!

 

"SECAR-TUDO-À-SUA-VOLTA": é isso! Eis o cancro de toda esta malfadada organização, dita democrática! Democrática, uma ova, a democracia foi-se, ou mesmo nunca terá existido.Nos tempos que correm, o LÍDER, que se queira afirmar, abraça logo a velha estratégia  do SECAR-TUDO-À-SUA-VOLTA, isto é, não admite qualquer opinião contrária à sua, sorri só e sempre para quem lhe acena que SIM a tudo e trata as pessoas quais súbditos (colegas, as próprias chefias intermédias, trabalhadores, empregados, operários, companheiros, camaradas, etc...) E entra-se assim num complicado sistema relacional que vai apodrecendo aos poucos, em que às pessoas só lhes resta obedecer, nada dizer, nada arriscar, nada propor, nada reivindicar, nada denunciar! Vive-se assim numa espécie de "cobardia coletiva", onde tudo roda à volta do LÍDER, até que um dia... ele seja deposto,  derrubado e afocinhe na Praça Pública, só então dando conta de toda a sua (real) insignificância!

Tempos dum primeiro de setembro politicamente também caraterístico de algumas lideranças, que, mesmo ao nível local,  tentam também "SECAR-TUDO-À-SUA-VOLTA" , alguns não se dando mesmo conta que o seu tempo de antena política já terminou e que, agora, a teimarem em liderar, não param de caminhar para o abismo e que, muito em breve, afocinharão na (tal) Praça Pública, só então se dando conta da sua (tal) insignificância!...

Mas, permitam-me aqui uma referência de índole pessoal, de que muito me orgulho. Ao longo dos anos, nunca fui capaz de ME DEIXAR SECAR! Palavra de honra que NUNCA ME conseguiram  SECAR!  Mas tentaram-no e convidaram-me muitas vezes a fazê-lo, isto é a SECAR-ME e a deixar-me conduzir e a aceitar cegamente o tal LIDER (político, escolar, religioso, ou-sei-lá!). E foi então que senti que, se o aceitasse, isto é, se me deixasse SECAR, a vida seria mais fácil, mais cómoda, mais atraente e apetitosa por ir saborear aquele tal "néctar" ligado ao exercício do Poder...que tanto atrai os ditadores! NÃO, mil vezes não! E vomitei com alguns convites para cargos relevantes, em troca de me SECAR, Mas que mais me motivaram a optar e a lutar ainda mais para dar a minha opinião, mostrar a minha divergência, expressar a minha revolta ou mesmo combater sozinho, em prol dos meus princípios e da preservação da minha própria identidade e liberdade! E sofri... e muito e muitas vezes! Mas rio-me hoje do ridículo de muitas situações e até de vários "Processos", que me instauraram e que hoje me dão gozo recordar,  desde o primeiro deles, por ter pintado com os meus alunos as paredes externas da escola, colocando lá escrito em "letras garrafais" a expressão "VIVAM AS CRIANÇAS DE TODO O MUNDO!" , até ao último, por causa dum post deste meu blogue, com o título "CRÓNICA DO REGRESSO À DAMA DE FERRO". Pelo meio ficaram muitos reparos, repreensões,  solicitações, aconselhamentos e queixas a diretores regionais, a políticos, a secretários de estado e mesmo a uma ministra! Não, nem mesmo assim, nunca ninguém me conseguiu SECAR! Sei que não passei de  um "SIMPLES", um "MERO", um "HUMILDE", um "TÃO-SOMENTE"... mas creditem que me sinto bem, satisfeito e sobretudo que nunca senti o choque do meu rosto (ventas é para os outros tais!) a roçar no chão da (tal) Praça Pública!

E, finalmente, e por tudo isso, deixo aqui esta a minha (simples) mensagem para todos os meus colegas, amigos e (até políticos- simples, como eu!):

NÃO SE DEIXE SECAR!!!

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D