Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

TRIBUNA de EduardoRibeiroAlves

«Daqui manifesto e apregoo a minha opinião, porque... sou LIVRE!»

TRIBUNA de EduardoRibeiroAlves

«Daqui manifesto e apregoo a minha opinião, porque... sou LIVRE!»

Os nossos ou os outros?! Eis a questão!

Confesso que tenho pensado muito neste dilema: Os nossos ou os outros?!

Bem, para os mais curiosos, falo mesmo de POLÍTICA , mas a sério, de "olhos nos olhos"!  Acompanhem-me só um bocadinho nestes CONSIDERANDOS, para depois concordarem (ou não),  com a minhas CONCLUSÕES:

Vamos então aos CONSIDERANDOS:

  • CONSIDERANDO QUE  existe uma "Matriz Ideológica, Democrática e mesmo Revolucionária" em determinado Partido Político, a qual nos serviu de pano de fundo ou mesmo argumentário ao longo dos anos, enquanto Oposição...
  • CONSIDERANDO QUE essa Matriz Ideológica, Democrática e mesmo Revolucionária, deveria servir de Guia, de Inspiração, ou se quisermos de GPS, quando, finalmente e após anos e anos de lutas e combates... conseguimos ser Poder...
  • CONSIDERANDO (ainda) QUE não é isso o que tem vindo a suceder, porque os Nossos, uma vez chegados ao Poder, fazem e comportam-se afinal e exatamente como os Outros...com favorecimentos pessoais e institucionais, com compadrio a "Lobos e a Lobies", com amesquinhamento e achincalhamento dos mais puros de nós e até... com desrespeito e minagem da própria democracia interna dentro do (seu??)  próprio Partido...
  • CONSIDERANDO (e finalmente) QUE não existe, ao nível da tal "Matriz Ideológica, Democrática e mesmo Revolucionária", qualquer progresso, sendo então de questionar se, mesmo assim, será preferível manter lá os NOSSOS ou deixar ou mesmo facilitar que para lá voltem os OUTROS... 

??????

 E agora vamos às CONCLUSÕES:

  • CONCLUSÃO 1- Se não existe garantia por parte dos NOSSOS, que estão no Poder, de irem cumprir a tal "Matriz Ideológica, Democrática e mesmo Revolucionária" , então se conclui  que se torna indiferente ou mesmo irrelevante que os NOSSOS permnaneçam no Poder, ou que os OUTROS o reconquistem!
  • CONCLUSÃO 2- A não existir garantia de cumprimento da tal "Matriz Ideológica, Democrática e mesmo Revolucionária" , por parte dos NOSSOS, nem pela parte dos OUTROS, então a única diferença é dum determinado "lote" ou mesmo "elite" de pessoas, do lado dos NOSSOS ou do lado dos OUTROS, que se comportam exatamente da mesma maneira...com o tal compadrio, favorecimento pessoais e institucionais e sobretudo "calculismo  desenfreado" no sentido de se manterem o mais tempo possível no Poder, bem como de auto se promoverem e mesmo, como se diz por aí (??) de enriquecerem ilicitamente...
  • CONCLUSÃO 3- Apesar de em termos de "Matriz Ideológica, Democrática e mesmo Revolucionária" , ser "indiferente ou irrelavante" continuarem os NOSSOS no Poder ou os OUTROS o reconquistarem; para efeitos de LUTA e COMBATE a favor dessa mesma Matriz  é SEMPRE MENOS MAU estarem lá os OUTROS que os NOSSOS! É que com os NOSSOS lá, a tal LUTA e COMATE a favor da Matriz é muito mais difícil, devido à falta de democracia interna, de debate e de discussão política, bem como à divisão interna, que é enorme e sobretudo à confusão política, ideológica e mesmo ética, que  é constante e fraturante...
  • CONCLUSÃO FINALOs nossos ou os outros?! Eis a questão! Bem, se os NOSSOS fazem na mesma como os OUTROS... então é preferível os OUTROS, porque assim os NOSSOS passam por uma "seleção natural", ou mesmo por um crivo ideológico e uma grande parte (o joio, ou seja aqueles que se filiaram à pressa ou os simples "mamões") vai-se simplesmente embora e a outra parte (o trigo, ou seja aqueles poucos e raros que têm sensibilidade política, democrática e ideológica para os Princípios da Matriz) fica e permanece na LUTA e no  COMBATE! E sem dúvida que lutar e combater é sempre mais fácil, quando sabemos  "onde está o inimigo" e, sobretudo, quando à nossa volta e ao nosso lado, sentimos o pulsar dos nossos autênticos e fiéis camaradas e amigos!

E, já agora, e como MESTRA final o pensamento de  Sérgio Vaz: (fantástico!!!).

Muito bem, Sérgio Vaz, eu assim farei!

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D